sexta-feira, 27 de agosto de 2010

BLOG DA TÁGIDE - 5 MIL ACESSOS



Agradeço a todos os amigos, colegas e leitores deste blog pelo alcance da marca de cinco mil visitas/acessos em apenas três meses de trabalho. Continuaremos a divulgar as notícias de interesse social em todos os campos, seja ele político, cultural ou religioso.
A você que ajuda fidedignamente a construir esse blog, NOSSOS AGRADECIMENTOS!

MARANHENSE QUE FOI PRESO POR CARREGAR BÍBLIAS NO EGITO RETORNA PARA O BRASIL


Ao desembarcar no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em Cumbica, na região metropolitana de São Paulo, na madrugada desta sexta-feira (27), o guia turístico brasileiro detido no Cairo, capital do Egito, disse que teve medo de ser torturado. Ele foi deportado para o Brasil na quinta-feira (26). Dagnaldo Pinheiro Gomes foi detido depois de ser acusado de promover atividades religiosas.

"Tive medo de sair dali e ir para um lugar de tortura. Estava com prisioneiros que já tinham sido torturados. Eles sempre falavam: você pode ser torturado se a sua embaixada não lhe encontrar rápido", afirmou Dagnaldo.

Ele disse que comia uma vez por dia, mas negou ter sido vítima de maus tratos. "Tinha direito a um pouco de comida uma vez por dia. Às vezes pedia água e eles não me davam, mas isso eu até entendo porque esse é o mês de jejum deles", declarou referindo-se ao Ramadã.

Dagnaldo afirmou ainda que o material religioso que foi encontrado no seu carro estava em árabe. Porém, ele negou que fazia promoção de sua religião, o que é proibido no Egito. "No meu carro tinha um material cristão. Essa foi a acusação [para me prender]. É um material que qualquer cristão pode ter", disse o guia, que morou por mais de sete anos no país. Ele foi informado por autoridades locais de que ele não pode voltar ao Egito.

Na terça-feira (24), o Itamaraty informou que o brasileiro havia sido detido com outras duas brasileiras, que já foram liberadas.
Com informações do G1

CRISTOVAM BUARQUE DECLARA APOIO A GASTÃO VIEIRA

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

DILMA ABRE 20 PONTOS NO DATAFOLHA



Da Folha.com

Brasília - A candidata do PT a presidente, Dilma Rousseff, manteve sua tendência de alta e foi a 49% das intenções de voto. Abriu 20 pontos de vantagem sobre seu principal adversário, José Serra, do PSDB, que está com 29%, segundo pesquisa Datafolha. Os contratantes do levantamento são a Folha e a Rede Globo.

Realizada nos dias 23 e 24 com 10.948 entrevistas em todo o país, o levantamento também indica que Dilma lidera agora em segmentos antes redutos de Serra. A petista passou o tucano em São Paulo, no Rio Grande do Sul e no Paraná e entre os eleitores com maior faixa de renda.
Em São Paulo, Estado governado por Serra até abril e por tucanos há 16 anos, Dilma saiu de 34% na semana passada e está com 41% agora. O ex-governador caiu de 41% para 36%. Na capital paulista, governada por Gilberto Kassab (DEM), aliado de Serra, ela tem 41% e ele, 35%.

No Rio Grande do Sul, a petista saiu de 35% e foi a 43%. Já Serra caiu de 43% para 39% entre os gaúchos. A margem de erro máxima da pesquisa é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. Todas as oscilações nacionais se deram dentro do limite.

Dilma tinha 47% na sondagem do dia 20 e foi a 49%. Serra estava com 30% e agora tem 29% Marina Silva (PV) manteve-se em 9%. Há 4% que dizem votar em branco, nulo ou em nenhum. E 8% estão indecisos. Os demais candidatos não pontuaram. Se a eleição fosse hoje, Dilma teria 55% dos votos válidos (os que são dados apenas aos candidatos) e venceria no primeiro turno.

Serra se mantém ainda à frente em alguns poucos estratos do eleitorado. Por exemplo, entre os eleitores de Curitiba, capital do Paraná, onde registra 40% contra 31% de sua adversária direta.

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Assembléia de Deus faz festa para Roseana no São Cristovão


A governadora Roseana Sarney participa hoje à noite de uma festa na sede central da Igreja Assembléia de Deus do campo São Cristovão. O evento, organizado pelo pastor Joaci Almeida, presidente da denominação na área, dedve reunir cerca de 3 mil pessoas.


Na semana passada, Roseana já havia sido ovacionada pelos membros da AD em São Luís, presidida pelo pastor José Guimarães Coutinho. os dois eventos foram articulados pelos pastores Fábio Leite e Bel Costa, que atuam na campanha rosenista e buscam o apoio da denominação à governadora.


- São membros de dezenas de bairros da Zona Rural de São Luís que virão ao São Cristovão para ver a governadora – explicou Fábio Leite. Segundo ele, Roseana retornou do interior especialmente para participar do evento na igreja.


A Assembléia de Deus é a mais forte denominação evangélica do Maranhão. O pastor presidente da Convenção Regional, Pedro Aldir Damasceno, teve a assinatura divulgada em um documento de apoio a Jackson Lago (PDT), mas a maioria das lideranças da igreja optou por seguir com Roseana.


Além de pastor Bel, que figura como candidato a segundo suplente de senador na chapa de Edson Lobão (PMDB) a denominação está representada no palanque roseanista pelos candidatos a deputado federal Costa Ferreira (PSC) e Lúcia Marinho (PV).
- A AD está com Roseana e isto pode ser visto em todo o Maranhão – garante Bel Costa.


Com informações do blog de Marco D´eça

ROBERTO COSTA LIDERA RANKING NO TWITTER




O link do Blog de Roberto Costa aparece no Trending São Luís Links, do Twitter, como um dos mais acessados.
Os Trending Topics ou TTs são uma lista em tempo real dos nomes mais postados no Twitter pelo mundo todo. A iniciativa é semelhante ao Google Trends, mas por ter o nome diferenciado, a terminologia acabou sendo associada diretamente ao Twitter.
Os Trending Topics ganharam tanta força que são comentados frequentemente pelos usuários como TT e mobilizam correntes para colocar um tema na lista e ter exposição mundial.
Confira no link: http://trendsmap.com/local/br/são+luís

UMES MOBILIZA MAIS DE 100 JOVENS EM REUNIÃO POLÍTICA COM ROBERTO COSTA




Nesta sexta-feira, 20 de Agosto, a UMES - União Municipal dos Estudantes Secundaristas de Gov. Nunes Freire mobilizou mais de 100 jovens em reunião política, que aconteceu na Casa de Eventos Doce Lar, perto do Comitê político de Roberto Costa no município de Gov. Nunes Freire.


Deu-se inicio ao encontro com a fala da jovem Flaviana, representante do Ensino Médio, em seguida o jovem Junior, Presidente do Grêmio Estudantil da Escola Riod, que enfatizou o valor do voto consciente. Logo após, o jovem Madson discursou em nome da juventude e disse que “Roberto Costa está preparado para representar a juventude”. Em seguida, o líder João costa, Presidente da UMES de Gov. Nunes Freire agradeceu todo apoio que Roberto deu quando secretário e ainda disse que “a juventude nunesfreirense está disposta a apoiá-lo e lutar juntos rumo a Assembléia”.

Por fim, Assis Filho, vereador de Pio XII e Conselheiro Estadual de Juventude representou o candidato a deputado estadual Roberto Costa, que infelizmente não pode está presente.
Com Informações do Blog do João Costa

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

LANÇAMENTO DE CANDIDATURA DE ROBERTO COSTA VIRA UMA GRANDE FESTA POPULAR











Uma verdadeira festa popular assim foi o lançamento da candidatura a Deputado Estadual de Roberto Costa. O palco da festa foi a Praça da Saudade no Bairro da Madre Deus em São Luís que se transformou numa grande manifestação de apoio onde reuniu mais de cinco mil pessoas com muita espontaneidade e muita alegria.


Acompanhado da governadora Roseana e do candidato a senador João Alberto, Roberto Costa foi recebido por centenas de jovens e estudantes das mais variadas escolas e bairros da capital que percorreram as ruas do bairro, em uma caminhada que saiu da Rua do Passeio até a Praça da Saudade. O Clima foi de muita festividade. A juventude levou Roberto Costa, Roseana e João Alberto até o palco da grande festa onde aconteceu o lançamento da candidatura do Deputado da Competência Jovem.


Milhares de pessoas bastante entusiasmadas esperavam para ouvir os candidatos, enquanto outras, centenas, animadas com a demonstração de apoio, eram contagiadas com a disposição e a alegria da juventude de São Luis.


Lideres de vários bairros estiveram presentes, além de prefeitos, ex-prefeitos, vereadores, ex-vereadores e lideranças de outros municípios.


A cidade de São Luís é o principal reduto eleitoral de Roberto Costa, e o motivo de lançar a campanha no Bairro da Madre Deus foi porque naquela área que aglomera várias comunidades como: Codozinho, Vila Bessa, Macaúba, Desterro, Goiabal... entre outros. Foi o local, onde Roberto Costa cresceu, construiu amizades, iniciou a sua vida estudantil e se inseriu na vida sócio-política e cultural.

Em seu discurso, Roberto Costa, muito emocionado agradeceu a presença dos seus amigos e correligionários. O deputado ainda disse que pretende chegar à Assembléia para ajudar as comunidades locais com projetos sociais voltados para as áreas mais carente da população.
“Falo de coração aos meus amigos aqui na Praça da Saudade, e pelo nosso trabalho e dedicação sinto que o povo vai nos dar essa oportunidade de representá-los na assembléia Legislativa. Esse mandato vai ser nosso”, declarou Roberto.


A governadora Roseana disse que Roberto é o candidato que melhor representa os anseios das comunidades locais e é a grande renovação jovem dessa eleição. A governadora pediu votos para o deputado Roberto Costa e para os membros da sua chapa.


O vice - governador e candidato ao senado, João Alberto, chegou ao palco visivelmente emocionado. João Alberto lembrou que conheceu Roberto bem jovem, participando do movimento estudantil e logo percebeu sua vontade de ajudar a juventude e hoje tem certeza que quer ajudar o Maranhão. O vice – governador ressaltou a vida de lealdade do Deputado Roberto Costa e convocou a população a dar – lhe o mandato de deputado estadual.


O grande lançamento da candidatura do Deputado Roberto Costa finalizou com uma chuva de foguetes e sob os aplausos da multidão.

domingo, 15 de agosto de 2010

PESQUISA ESCUTEC DIZ QUE ROSEANA CONTINUA NA FRENTE


A disputa pelo governo do Estado mantém-se rigorosamente estável no Maranhão. É o que revela nova rodada de pesquisas do Instituto Escutec/O Estado, divulgada neste sábado (14). Os candidatos variaram – para baixo ou para cima – exatamente dentro da margem de erro, mantendo inalterada a sucessão maranhense.Primeira colocada na disputa, a candidata Roseana Sarney (PMDB), que tinha 50,4% na pesquisa anterior, do dia 25 de julho, aparece agora com 49,6%, variando menos de 1 ponto percentual para baixo. Jackson Lago (PDT), que tinha 25,8%, agora tem 23,7%. E Flávio Dino (PCdoB), agora tem 18,2%, ante 16,8% da pesquisa de julho.
A margem de erro da nova pesquisa é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos. O resultado final, portanto, manteve-se inalterado. Os demais candidatos – Marcos Silva (PSTU), Saulo Arcangeli (PSol) e Marcos Igreja (PCB) – mantiveram-se com índices abaixo de 1% de intenção de votos.“Os números mostram que a campanha não deslanchou efetivamente, o que é normal e até previsível. Não houve fato político que justificasse uma alteração dos números”, explicou o presidente da Escutec, jornalista Fernando Júnior. Para ele, esta estabilização só deverá mudar com o início da propaganda eleitoral.São LuísRoseana Sarney mantém a dianteira em todas as regiões do Estado. Na Grande São Luís, que inclui a capital maranhense, ela fica com 46,4%. Flávio Dino aparece com 31,9% e Jackson Lago com 10,8%.
Os demais candidatos registraram traço.A região em que a governadora mantém o maior índice de intenção de votos é a região Norte (54,8%). No Sul, no Centro e no Leste do Estado ela também registra percentuais acima de 50%. Apenas na região Oeste, seus índices ficam na casa dos 44%, ainda assim, mais de 10 pontos à frente do segundo colocado, Jackson Lago.Na pesquisa espontânea – aquela em que o eleitor cita qualquer nome, sem necessidade de apresentação dos candidatos – Roseana também mantém folga em relação aos demais candidatos. Ela aparece com 35,8% das citações, contra 19,2% de Jackson e 11,7% de Flávio Dino. Os demais candidatos não pontuaram.Escutec ouviu 1.059 eleitores, entre os dias 11 e 13 de agosto. O registro no Tribunal Regional Eleitoral é o de nº 28870/2010.

Dilma Rousseff tem dianteira no Maranhão
A nova pesquisa Escutec/O Estado revelou também que a candidata do PT, Dilma Rousseff (PT), mantém no Maranhão uma grande dianteira sobre o seu principal adversário, José Serra (PSDB). A petista apresenta 58% das intenções de voto no estado, contra 25,3% de José Serra. A candidata do PV, Marina Silva, tem 7,6% de intenção de votos no Maranhão. Nenhum dos demais candidatos pontuou acima de 1% na pesquisa divulgada neste sábado.Dilma vence Serra em todas as regiões do Maranhão. No Leste, ela alcança 61,5% das intenções de votos. Na Grande São Luís, ela apresenta 54,8% das intenções de voto, contra 21,1% de Serra e 10,1% dados a Marina Silva. Também na Grande São Luís, os demais candidatos aparecem com menos de 1%.O candidato do PSDB é também o mais rejeitado dentre os candidatos a presidente no Maranhão. Nada menos que 35,7% dos eleitores disseram que não votariam nele em hipótese alguma.
Dentre os principais candidatos, Dilma Rousseff é a menos rejeitada, com apenas 12,9%. Marina Silva tem 15,3% de eleitores que a rejeitam.Na pesquisa Escutec/O Estado foi perguntado também a opinião do eleitor maranhense sobre o governo Roseana Sarney. Ela é aprovada por 63,1% de eleitores, que consideraram seu governo bom (52,3%) e ótimo (10,8%). Apenas 17,8% dos maranhenses consideraram péssima a administração roseanista. Neste quesito, apenas 2% dos eleitores não quiseram ou não souberam opinar.

As informações são do jornal O Estado do Maranhão.

sábado, 14 de agosto de 2010

JOSÉ SARNEY, UM PATRIMÔNIO DO MARANHÃO




Do Blog do Assis Filho


Têm sido constantes os ataques das oposições do Maranhão ao Senador Sarney. Por duas vezes o escritor Palmério Doria tentou sem sucesso realizar o lançamento do seu livro “Honaráveis Bandidos” no Maranhão, a primeira no Sindicato dos Bancários em São Luis e a segunda no auditório da UEMA em Imperatriz. Ambas veementemente protestadas por jovens e estudantes.


Os meios de comunicação ligados a oposição tentam a todo custo apresentar esses jovens manifestantes como baderneiros e marginais, fatos que nem de longe condizem com a realidade. Na verdade o que pensa a oposição é que somente eles têm o direito de se manifestarem e qualquer manifestação contrária do que eles pensam é baderna ou antidemocrática como se a democracia só existisse para acobertar as suas ações.

A atitude de vários jovens no Sindicato dos Bancários em São Luís e recentemente na UEMA de Imperatriz foi uma ação espontânea e independente de jovens de várias regiões do estado que não concordam com a maneira tendenciosa e pejorativa que o escritor Palmério Doria discorre no seu livro sobre a vida política, profissional e inclusive pessoal do Senador Sarney, da sua família e de seus aliados próximos.

A obra “Honoráveis Bandidos” por sua capa demonstra com clareza a baixaria de um escritor que não é maranhense e não conhece o Maranhão. Causa nojo só mesmo sua estampa desrespeitosa.

A vida do senador José Sarney sempre foi pautada na idoneidade e na dedicação de mais de 50 anos ao povo brasileiro. Nós jovens maranhenses nos orgulhamos de um irmão que leva o nome do nosso estado para todo o Brasil e é por entender a sua importância é que manifestamos publicamente o apreço e o companheirismo que temos com o maranhense José Sarney.

Falar em José Sarney é falar da história do Maranhão, é falar da história do Brasil. Nascido as 07h30min (da manhã) do dia 24 de Abril de 1930, na efervescência da tomada de poder de Getúlio Vargas. Um menino pobre, nascido numa casa tão pequena quanto simples, de chão de barro no longínquo interior do estado do Maranhão, município de Pinheiro, só não sabia ninguém e talvez só o destino que aquele pobre menino, dezenove períodos de governo à frente, assumiria o mais alto poder do país se tornando o primeiro presidente civil do Brasil.

Assim como nós, durante sua trajetória de vida, José Sarney teve passagem pelas lutas da juventude como todo grande líder. Foi militante do movimento estudantil, líder do Liceu maranhense, como universitário foi dirigente da UME (União Maranhense de Estudantes) e participou de vários congressos da União Nacional de Estudantes – a UNE.

Temos defendido o direito da honra desse maranhense. Fatos como o que tem acontecido contra o livro de Palmério Dória nos leva a recordar um fato marcante na vida de Sarney que aconteceu em 1945, no Teatro Artur de Azevedo no qual toda a alta classe de São Luís se reunia para assistir peças teatrais. O interventor também sempre se fazia presente com sua família e ao chegar o protocolo sempre era o mesmo: toda a platéia parava para saudar com palmas a mais alta autoridade estatal. Ocorreu que nesse dia, impulsionado pela insatisfação do regime fascista e ditatorial no Brasil da era Vargas, Sarney decidiu quebrar o protocolo, no instante em que o interventor Paulo Ramos e sua família adentravam – se ao Teatro Artur de Azevedo, Sarney proclamou: “Abaixo a Ditadura!”. A platéia ficou perplexa, como resultado óbvio do seu ato, a polícia reprimiu o jovem Sarney com voz de prisão.Tem sido assim a luta engajada de vários jovens maranhenses como a de Sarney nesse dia.

Falar no presidente Sarney é também falar no mestre Sarney, no contista, no romancista, no cronista, no poeta, no escritor. Tão qualitativo que é na política também se faz na literatura, aos 21 anos ingressou na Academia Maranhense de Letras, em razão do sucesso do seu livro de estréia “Canção Inicial”. Dentre tantas outras obras lançadas, Sarney também foi o autor da ficção “Noite das Águas”, do romance “O Dono do Mar” e da classificação poética “Marimbondos de Fogo”. O que lhe rendeu aos 50 anos a eleição para a Academia Brasileira de Letras. Imortalizado como os escritores maranhenses Gonçalves Dias, Odorico Mendes, João Lisboa, Artur de Azevedo, Coelho Neto, Humberto de Campos, a biografia de José Sarney estar intimamente ligada ao que ele próprio expressou para o repórter Luís Antônio Ryff, da Folha de São Paulo em 1998: “Minha vida tem duas vertentes, a da política e da literatura. A política foi o destino, a literatura é a vocação (...)”.

O escritor Sarney é bem diferente do escritor Palmério Dória, aquele preza pela literatura qualitativa, este pelo baixo calão. A opção de Palmério Doria nunca vai lhe render uma vaga na Academia Brasileira de Letras. Palmério nunca será imortalizado morrerá como um velho escroto.

Sarney é um democrata, quando Presidente da República do Brasil de todas as conquistas do seu governo a que mais marcou por todos os tempos foi o ato de coragem e de atendimento do reclame social em convocar a Assembléia Nacional Constituinte – o maior instrumento de envolvimento político cidadão dos brasileiros numa ampla discussão de garantias individuais e coletivas que estabeleceriam em condição perpétua o ordenamento jurídico maior do nosso país, construído com a participação e com a mobilização popular de todos os setores organizados da sociedade - surgiu dela a Constituição Cidadã de 1988 que reimplantou o estado de direito e criou uma vigorosa sociedade democrática, em implacável transição, a mais completa e coroada de êxito da América latina.

E foi essa conquista que nos garante a liberdade de manifestação como essa que ocorreu em São Luis e Imperatriz por conta do achincalhado livro.

A juventude hoje tem o direito da legalidade da organização estudantil, o pai da redemocratização também foi o sustentáculo que afastou a clandestinidade das organizações estudantis. Sarney foi o presidente que sancionou a LEI N° 7.398, DE 4 DE NOVEMBRO DE 1985, que depois de mais de duas décadas na ilegalidade, possibilitou o direito da livre organização e manifestação das entidades estudantis em todo país. Uma das maiores conquista para a nossa juventude.

Por essas razões, a juventude maranhense ver no presidente Sarney o grande orgulho do Maranhão.

É com a demonstração de gratidão e com o sentimento de luta é que preservamos a história desse grande maranhense. A juventude se reuniu e se reunirá engajada e encorajada, todas as vezes que for necessário para prestar hombridade a José Sarney – um grande patrimônio do Maranhão.

SERÁ SE PALMÉRIO DÓRIA AINDA TERÁ CORAGEM DE LANÇAR SEU “LIVRO” NO MARANHÃO?




IMPERATRIZ (MA) – Na noite dessa quinta – feira, 12 de Agosto, o escritor Palmério Dória repetiu sua ousadia de vir ao Maranhão para lançar o seu esculhambado livro “Honoráveis Bandidos”. Na sua primeira tentativa em São Luis o evento terminou em pancadaria, estudantes protestaram dentro do Sindicato dos Bancários contra a politicagem do dito escritor comandada por Jackson Lago e Zé Reinaldo.

Palmério e vários integrantes conhecidos da oposição no Maranhão montaram uma grande estrutura patrocinada pela Prefeitura de Imperatriz para tentaram conseguir realizar o lançamento do livro. A tentativa ocorreu no auditório da Universidade Estadual do Maranhão de Imperatriz. Os organizadores do evento distribuíram convites, visitaram escolas, universidades, anunciaram em rádio, TV, carro de som, fizeram panfletagem, porém o resultado não surtiu efeito.

O evento deveria acontecer no auditório da universidade, também no pátio do centro de ensino foi montado um telão para os visitantes assistirem. O público foi pífio. A UEMA funciona em frente à FAMA de Imperatriz nenhum dos acadêmicos de ambas universidades deixaram de assistir aula para prestigiar o tal lançamento, as universidades preferiram não liberar os alunos. O público da cidade não apareceu, deu pra contar as mesmas figuras de sempre, os mesmos do Sindicato dos bancários. Jornalistas como Garrone, Marcio Santos (também conhecido no meio juvenil como Porca de Maiô), o ex - deputado pedetista Luiz Pedro, o candidato a vice de Jackson, Pastor Porto, o alucinado Mané da Conceição e o ousado Palmério Dória. As cadeiras quase todas vazias, não fosse o público que protestou.

Marcado para oito horas da noite, a falta de público levou o evento ao início às nove e meia. Sem nenhuma empolgação no momento que o alucinado Mané da Conceição falava as coisas de sempre um estudante surgiu vestido de fio dental, sutiã e tamanco em protesto inusitado ao escrito. A platéia vibrou ao ver a cena. A cara do escritor era de espanto. O Estudante fez questão de olhar para o escritor e dizer que Maranhão não era o seu lugar. Palmério não sabia onde botar a cara.


Quando desfilava o estudante em protesto vários populares na platéia iniciou uma chuva de ovos contra Palmério Dória que se sentiu obrigado a se esconder debaixo da mesa, vários ovos foram acertados no escritor (veja na foto). Mesmo tentando resistir ao protesto generalizado foi impossivel conter os manifestantes. Palmério depois de se esconder debaixo da mesa saiu lavado de ovo por todo o corpo para o carro da polícia.
A platéia começou a “xingar” o escritor: “respeite os maranhenses seu desgraçado” ainda completavam “vai embora do Maranhão Palmério”.

Iniciou o tumulto. A polícia disparou vários tiros de borracha e ainda explodiu dentro do auditório uma bomba de efeito moral. Todos correram para fora da universidade. Absolutamente ninguém ficou no auditório. Palmério Dória saiu no carro da polícia. O evento acabou antes mesmo da fala do escritor na sua tão desejada e nunca possível noite de autógrafos do livro “Honoráveis Bandidos”.

Encerrado o evento, dezenas de estudantes e jovens de movimentos organizados de estudante e juventudes dos municípios de Imperatriz, Grajaú, Davinópolis, Balsas, João Lisboa, Pio XII, Peritoró, Coroatá, Caxias, São João do Sóter, Governador Nunes Freire, Turilândia, Paço do Lumiar e São Luís ficaram horas plantados à frente da universidade em protesto ao livro.

Os manifestantes cantavam de pé com muita vibração palavras de ordem como “Sarney Guerreiro do povo brasileiro” e seguiam dizendo “Jackson ladrão, roubou o Maranhão”. Não houve nenhuma ação em resposta da população de Imperatriz.

A polícia manteve o controle da manifestação.

A imprensa estava em peso fazendo a cobertura dos fatos. Em entrevista o Conselheiro Estadual de Juventude e Vereador de Pio XII, Assis Filho, falou que os maranhenses não irão mais admitir que um escritor até então desconhecido que não conhece o Maranhão nem mesmos os maranhenses venha para nossa terra denegrir a imagem de uma grande personalidade como senador Sarney.

“O direito que eles têm de falar mal do Sarney é o mesmo direito que nós temos de defendê – lo, a democracia existe para ambos os lados, aqui não tem baderna, é uma manifestação pacífica, espontânea e independente da juventude maranhense”. Declarou o líder juvenil.

No final da manifestação um grupo ligado ao PDT de imperatriz lançou várias pedras de dentro da UEMA em direção a rua onde se encontravam os manifestantes, uma ação covarde, pois o muro da universidade impedia ver os agressores e impossibilitava a defesa, dois jovens foram atingidos no rosto e sangraram muito, a polícia levou - os para o hospital e ficaram bem. O ato de atirar pedras nos manifestantes demonstra quem foi de fato baderneiro e agressores, não houve ninguém que diga que foi atingido fisicamente pelos jovens manifestantes.

A cidade de Imperatriz parou para ver o acontecido, populares não acreditavam que acontecia uma manifestação pró – Sarney na porta de uma universidade, com um detalhe, sem reação contrária do populares.

Palmério Dória e tropa de loucos oposicionistas continuam na vontade de lançar o que eles chamam de livro. Mais uma vez passou vexame e saiu corrido no carro da polícia, não teve direito nem de dizer boa noite no evento, imaginem de autografar um livro.

O Maranhão não é terra sem lei. Quem prega a libertação tem que começar respeitando os adversários e fazendo uma política limpa, sem baixarias, como essa de usar e financiar um escritor para promover uma campanha política literária disfarçada.

Agora sim perceberam que por aqui “o buraco é mais embaixo”.
Com Informações do Blog de Assis Filho

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Os favoritos de São Luís para a Assembléia Legislativa

Do blog de Marco D´eça
Os candidatos que representam São Luís na disputa por votos para a Assembléia Legislativa podem ser divididos em dois grupos.

No primeiro, estão os chamados candidatos genuínos da capital, aqueles cuja base de votos está na caidade ou na região metropolitana.

Neste grupo se destacam como virtuais mais votados em São Luís: Raimundo Cutrim (DEM), Canindé Barros (PSL), Max Barros (DEM), Roberto Costa e Gardeinha Castelo (PSDB).

Também despontam forte Manoel Ribeiro (PTB), Pavão Filho (PDT), Alberto Franco (PMDB) e Afonso Manoel (PMDB) e Eliziane Gama (PPS).

No segundo, estão os candidatos que, mesmo não iniciando a carreira política aqui, têm na capital uma de suas principais bases.

O outro grupo tem como principais nomes Graça Paz (PDT) - cujo cacife também é alto na cidade, embora faça política mesmo no interior, sobretudo Codó e Coroatá, por exemplo – , Ricardo Murad (PMDB), outro de Coroatá, e Victor Mendes (PV), com forte atuação na cidade de Pinheiro e na Baixada.

São Luís tem potencial para eleger pelo metade da Assembléia Legislativva.

E a força eleitoral demonstrada nestas eleições, pode significar, também, uma preparação para võos mais altos.

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

ROBERTO COSTA É COMPETÊNCIA JOVEM


GOVERNO ANUNCIA DESCOBERTA DE GÁS NATURAL NO MARANHÃO


Em coletiva de imprensa ocorrida hoje (12), no Palácio dos Leões, a governadora Roseana Sarney anunciou a descoberta de gás natural no Maranhão.
Juntamente com secretários, a governadora destacou a importância da descoberta para o Estado.

"Com esta descoberta abre-se para o Maranhão uma perspectiva gigantesca de novos negócios na área de energia, transformando o nosso Estado em um dos maiores produtores de energia limpa do Brasil”, afirmou.

O empresário Eike Batista também comemorou a descoberta: “Viva o Brasil. Viva a inteligência brasileira”, Em entrevista coletiva dada nesta quinta-feira (12), no Rio de Janeiro, o grupo empresarial OGX ressaltou a descoberta como o marco inicial de um importante complexo de geração térmica a gás natural no Brasil.

“Essa descoberta abre uma nova fronteira exploratória em uma bacia terrestre, fato que não ocorria há aproximadamente duas décadas no Brasil” comentou Paulo Mendonça, diretor geral da OGX.

O secretário Maurício Macedo (Indústria e Comércio) informou ainda, que em projetos desta magnitude o benefício ao consumidor deve chegar no prazo de 3 a 5 anos. Ele lembra que o grupo EBX já tem andamento a construção de uma termoelétrica de 1.800 megawatts de energia em Santo Antonio Lopes, cidade vizinha a Capinzal do Norte. O projeto está orçado em R$ 4 bilhões.

A descoberta em Capinzal do Norte

Após perfurar os primeiros 10 metros com expressivos indícios de gás, à profundidade de 1.654 metros, a OGX Maranhão decidiu realizar um teste de formação. O poço foi aberto para fluxo às 5h30 de hoje e, após 10 minutos de abertura, constatou-se a presença de gás na superfície e, às 6h, o poço estava com 1.900 psi (unidade de pressão), sendo, em seguida, fechado. No segundo fluxo, iniciado às 8h, foi alinhado para o queimador, apresentando uma chama de aproximadamente 15 metros.

Com os dados sísmicos obtidos até o momento, já foram mapeados em torno de 20 novos prospectos, “sinalizando para o altíssimo potencial dessa região da bacia, na qual a OGX Maranhão detém 7 blocos, totalizando 21.000 km”, diz a companhia no fato relevante divulgado à imprensa. As prospecções foram iniciadas ano passado.

Com informações técnicas da OGX.

DIREITO DE RESPOSTA

Resposta de Weverton Rocha sobre suspeita de apoio ao Ato do Dia do Estudante

Declaramos que Weverton Rocha, ex-secretário de Esporte e Juventude e, atualmente, candidato a deputado federal,não tem nenhuma ligação com o ato público realizado na Praça Deodoro, em comemoração ao Dia do Estudante, nesta terça (dia 10).
O evento foi organizado e promovido pelo movimento estudantil, representados pelos MEI (Movimento Estudantil Independente), CES (Central Estudantil) e AESL( Associação de Estudantes de São Luís).

Weverton participou efetivamente do movimento estudantil desde os quinze anos de idade, desenvolvendo projetos e trabalhos voltados para a juventude.Trabalhar por melhorias nesse setor com certeza foi e é uma das suas principais bandeiras, mas em momento algum prestou qualquer forma de apoio ao Ato do Dia do Estudante.
Ele parabeniza os organizadores pela iniciativa de tornar a comemoração do Dia do Estudante em um dia também de conscientização, mas não colaborou em nada para estruturação e concretização da festa.
Assessoria de Weveton Rocha

12 DE AGOSTO DIA INTERNACIONAL DA JUVENTUDE



A data 12 de agosto - foi instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU) para voltar a atenção do mundo às questões da juventude. Por isso, anualmente a organização elege temas, especialmente ligados à saúde, participação, educação e trabalho , para pautar o trabalho dos agentes envolvidos na promoção dos direitos dos jovens.

A ONU definiu que 2010 seria o Ano Internacional da Juventude. Porém, oficialmente, o ano só começa após as comemorações do Dia Internacional da Juventude e se estende até a mesma data em 2011 .

VICE DE DILMA DESEMBARCA SÁBADO EM SÃO LUÍS

O deputado federal Michel Temer (PMDB-SP), candidato a vice-presidente na chapa encabeçada por Dilma Rousseff (PT), na coligação “Para o Brasil Continuar Mudando”, e o ministro-chefe da Secretaria de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, estarão no Maranhão, neste sábado (14), para reunião com a governadora Roseana Sarney, candidata à reeleição pelo PMDB. O evento será na Fábrica de Recepções (av. Mario Andreazza, Cohama), às 8h30.

No encontro, que também contará com presença do publicitário Duda Mendonça, a candidata da coligação “O Maranhão Não Pode Parar” (PMDB, PT, DEM, PTB, PMN, PTdoB, PRP, PV, PSL, PP, PRTB, PSDC, PTN, PHS, PR, PRB e PSC) reunirá expressivas lideranças de todo o estado. Vários temas integram a pauta do evento.

A candidata Roseana Sarney vai apresentar sua plataforma de governo a Temer, que também é presidente nacional do PMDB. Tratará ainda sobre as sugestões de propostas para o Maranhão a serem incorporadas ao projeto nacional de Dilma Rousseff.
Com informações do Blog de Mário Carvalho

Juízes proibem ‘excesso’ de plotagem em carros

Mais uma dor de cabeça para os candidatos. Em decisões recentes, a comissão da propaganda do TRE do Maranhão está mandando os candidatos retirarem o que consideram de excesso na plotagem dos seus carros. A Lei Eleitoral diz que o político pode colocar até 4 m² de sua propaganda. Muitos, no entanto, cobrem o carro por completo, o chamado envelopamento.


Pelo novo entendimento, este tipo de plotagem é crime. A procuradora regional eleitoral, Carolina da Hora Mesquita, tem endossado as decisões dos juízes. Segundo ela, os candidatos transformaram os veículos em “outdoors ambulantes”. Outdoor é proibido pela legislação.

Advogados dos candidatos afirmam que não é bem assim porque o eleitor não enxerga o carro em três dimensões. Vê apenas uma parte da propaganda. Para caracterizar como crime eleitoral, os juízes estão somando as plotagens em todo veículo. A discussão ainda vai parar no Pleno do TRE.

Segundo os advogados, se for seguido o entendimento da justiça eleitoral maranhense, só vai ser permitida a colocação da propaganda em um lado do veículo – normalmente usa-se o vidro traseiro. Envelopar nunca mais. “Vamos levar essa discussão até o TSE”, afirma Carolina da Hora.

Este tipo de propaganda foi uma forma que os candidatos encontraram para poder divulgar seus nomes e números. A decisão é mais uma das várias restrições impostas pela legislação à comunicação no período eleitoral.

Pode até ser entendida como censura, conforme relata matéria abaixo sobre as limitações aos programas humorísticos e ao noticiário do rádio, TV e internet. “Daqui a pouco a gente não pode fazer mais nada”, disse ao blog um candidato a deputado estadual

São medidas que só servem para aumentar o clima de marasmo na eleição. O resultado é o afastamento cada vez maior do eleitor da campanha.
Com informações do Blog de Décio Sá

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

TRE FAZ ADVERTÊNCIA A JACKSON LAGO POR FAZER SHOWMÍCIO

Por decisão do juiz Tayrone Silva, o candidato a governador Jackson Lago foi advertido por promover shows não permitidos por lei em seus eventos políticos.

O Ministério Público Eleitoral havia pedido a multa de R$ 10 mil para o candidato pedetista. Lago levou o Boi Pirilampo para apresentação quando da passagem do candidato a presidente da República, José Serra, em São Luís.

Eventos como esses, podem até resultar na cassação do candidato.
O TRE também vai averiguar o evento que aconteceu na Praça Deodoro nesta terça-feira (10), em comemoração ao dia dos estudantes, organizado por weverton Rocha.

PARABÉNS A TODOS OS ESTUDANTES


ROSEANA INCOMODA OS ADVERSÁRIOS


É mais do que evidente a irritação e a inquietação com o crescimento da popularidade da governadora Roseana Sarney (PMDB), na região metropolitana de São Luís. Ainda que alguns possam dizer o contrário. Não importa, democracia serve para isso.


Talvez seja porque o ex-governador Jackson Lago (PDT), que por três vezes foi prefeito da capital, tenha sido desacreditado em sua rápida passagem pelo Governo do Maranhão, ao ter dado as costas para o eleitor de São Luís, mandado cercear os direitos dos professores da rede estadual de ensino e ter governado apenas para alguns afilhados de seu grupo político, que há mais de 20 anos domina a política na capital maranhense.


Talvez porque, o grupo político da família Sarney tenha aprendido com o passado na Ilha, sempre defenestado pela incitação política da família Lago, na ânsia de chegar um dia ao Palácio dos Leões.


Talvez porque, o grupo Sarney tenha acordado e buscado as bases populares de São Luís, mediante uma ruptura histórica do o brizolismo do PDT, que sempre bancou as frases de efeito contra a família Sarney e que ao longo dos anos não soube rebater os insultos e arregimentar multidões na Ilha do Amor.


Enfim, assim caminha uma nova campanha política em que os adversários da governadora Roseana Sarney terão também que suar a camisa e disputar voto a voto em cada palmo de chão desta cidade, que outrora rebelde, agora pode se rebelar contra aqueles que esqueceram de arregimentar a rebeldia.
Com Informações do Blog de Mario Carvalho

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Dilma Rousseff é entrevistada pelo Jornal Nacional


A candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, foi entrevistada ao vivo nesta segunda-feira (9) no Jornal Nacional pelos apresentadores William Bonner e Fátima Bernardes. A candidata Marina Silva (PV) será entrevistada na terça-feira e José Serra (PSDB), na quarta. A ordem das entrevistas foi definida em sorteio.



Veja ao lado a íntegra, em vídeo, da entrevista com Dilma Rousseff. Ela respondeu a perguntas dos entrevistadores durante 12 minutos. Abaixo, leia a transcrição das perguntas e respostas.



William Bonner: O Jornal Nacional dá início nesta segunda-feira a uma série de entrevistas ao vivo com os principais candidatos à presidência da República. Nós vamos abordar aqui temas polêmicos das candidaturas e também confrontar os candidatos com suas realizações em cargos públicos. É claro que não seria possível esgotar esses temas todos em uma única entrevista, mas nas próximas semanas os candidatos estarão também no Bom Dia Brasil e no Jornal da Globo.


O sorteio realizado com a supervisão de representantes dos partidos determinou que a candidata do PT, Dilma Rousseff, seja a entrevistada de hoje. Nós agradecemos a presença da candidata.


Boa noite, candidata.Dilma Rousseff: Boa noite.William Bonner: E informamos também que o tempo de 12 minutos da entrevista começa a contar a partir de agora.


Candidata, o seu nome como candidata do PT à Presidência foi indicado diretamente pelo presidente Lula, ele não esconde isso de ninguém. Algumas pessoas criticaram, disseram que foi uma medida autoritária, por não ter ouvido as bases do PT. Por outro lado, a senhora não tem experiência eleitoral nenhuma até esse momento. A senhora se considera preparada para governar o Brasil longe do presidente Lula?


Dilma Rousseff: Olha, William, olha, Fátima, eu considero que eu tenho experiência administrativa suficiente. Eu fui secretária municipal da Fazenda, aliás, a primeira secretária municipal da Fazenda de capital. Depois eu fui sucessivamente, por duas vezes, secretária de Energia do Rio Grande do Sul. Assumi o ministério de Minas e Energia, também fui a primeira mulher, e fui coordenadora do governo ao assumir a chefia da Casa Civil, que vocês sabem, é o segundo cargo mais importante na hierarquia do governo federal. Então, eu me considero preparada para governar o país. E mais do que isso, eu tenho experiência, eu conheço o Brasil de ponta a ponta, conheço os problemas do governo brasileiro.


William Bonner: Mas a sua relação com o presidente Lula, a senhora faz questão de dizer que é muito afinada com ele. Junto a isso, o fato de a senhora não ter experiência e ter tido o nome indicado diretamente por ele, de alguma maneira a senhora acha que isso poderia fazer com que o eleitor a enxergasse ou enxergasse o presidente Lula atualmente como um tutor de seu governo, caso eleita?


Dilma Rousseff: Você sabe, Bonner, o pessoal tem de escolher o que é que eu sou. Uns dizem que eu sou uma mulher forte, outros dizem que eu tenho tutor. Eu quero te dizer o seguinte: a minha relação política com o presidente Lula, eu tenho imenso orgulho dela. Eu participei diretamente com o presidente, fui braço direito e esquerdo dele nesse processo de transformar o Brasil num país diferente, num país que cresce, distribui renda, em que as pessoas têm primeira vez, depois de muitos anos, a possibilidade de subir na vida. Então, não vejo problema nenhum na minha relação com o presidente Lula. Pelo contrário, eu vejo que até é um fator muito positivo, porque ele é um grande líder, e é reconhecido isso no mundo inteiro.


Fátima Bernardes: A senhora falou de temperamento. Alguns críticos, muitos críticos e alguns até aliados falam que a senhora tem um temperamento difícil. O que a gente espera de um presidente é que ele, entre outras coisas, seja capaz de fazer alianças, de negociar, ter habilidade política para fazer acordos. A senhora de que forma pretende que esse temperamento que dizem ser duro e difícil não interfira no seu governo caso eleita?


Dilma Rousseff: Fátima, estava respondendo justamente isso, eu acho que têm visões construídas a meu respeito. Eu acho que sou uma pessoa firme, acho que em relação aos problemas do povo brasileiro eu não vacilo. Acho que o que tem que ser resolvido prontamente, nós temos que fazer um enorme esforço. Eu me considero hoje, até pelo cargo que ocupei, extremamente preparada no sentido do diálogo. Nós, do governo Lula, somos eminentemente um governo do diálogo. Em relação aos movimentos sociais, você nunca vai ver o governo do presidente Lula tratando qualquer movimento social a cassetete. Primeiro nós negociamos, dialogamos. Agora, nós também sabemos fazer valer a nossa autoridade. Nada de ilegalidade nós compactuamos.


Fátima Bernardes: Agora, no caso, por exemplo, a senhora falou de não haver cassetete, mas talvez seja a forma de a senhora se comportar. O próprio presidente Lula, este ano, em discurso durante uma cerimônia de posse de ministros, ele chegou a dizer que achava até natural haver queixas contra a senhora, mas que ele recebeu na sala dele várias pessoas, colegas, ex-ministros, ministros, que iam lá se queixar que a senhora maltratava eles.


Dilma Rousseff: Olha, Fátima, é o seguinte, no papel, sabe dona de casa? No papel de cuidar do governo é meio como se a gente fosse mãe, tem uma hora que você tem de cobrar resultado. Quando você cobra resultados, você tem de cobrar o seguinte: olha, é preciso que o Brasil se esforce, principalmente o governo, para que as coisas aconteçam, para que as estradas sejam pavimentadas, para que ocorra saneamento. Então tem uma hora que é que nem, você imagina lá sua casa, a gente cobra. Agora, tem outra hora que você tem de incentivar, garantir que a pessoa tenha estímulo para fazer.


Fátima Bernardes: Como mãe eu entendo, mas, por exemplo, como presidente não tem uma hora que tem que ter facilidade de negociar, por exemplo, futuramente no Congresso, futuramente com líderes mundiais, ter um jogo de cintura ai?William Bonner: O presidente falou em maltratar, não é, candidata?


Dilma Rousseff: Não, o presidente não falou em maltratar, o presidente falou que eu era dura.


William Bonner: Não, ele disse isso. A senhora me perdoe, mas o discurso dele está disponível. Ele disse assim: as pessoas diziam que foram maltratadas pela senhora. Mas a gente também não precisa ficar nessa questão até o fim da entrevista, têm outros temas.


Dilma Rousseff: É muito difícil, depois de anos e anos de paralisia, e houve isso no Brasil. O Brasil saiu de uma era de desemprego, desigualdade e estagnação para uma era de prosperidade. Nós tínhamos perdido a cultura do investimento, aí houve uma força muito grande da minha parte nesse sentido, de cumprir meta, de fazer com que o governo Lula fosse esse sucesso que tenho certeza que está sendo.


William Bonner: A senhora tem agora na sua candidatura, além do apoio do presidente, alianças formadas para essa sua candidatura. Por exemplo, a do deputado Jader Barbalho, a do senador Renan Calheiros, da família Sarney, a senhora tem o apoio do ex-presidente Fernando Collor. São todas figuras da política brasileira, que, ao longo de muitos anos, o PT, o seu partido, criticou severamente, eram considerados como oligarcas pelo PT. Onde foi que o PT errou, ou melhor, quando foi que ele errou: quando fez aquelas críticas todas ou está errando agora, quando botou todo mundo debaixo do mesmo guarda-chuva?



Dilma Rousseff: Eu perguntava outra coisa: onde foi que o PT acertou? Quando percebeu que governar um país com a complexidade do Brasil implica necessariamente na sua capacidade de construir uma aliança ampla. O PT não tinha experiência de governo, agora tem. Nós não erramos e vou te explicar em que sentido: não é que nós aderimos ao pensamento de quem quer que seja. O governo Lula tinha uma diretriz: focar na questão social, fazer com que o país tivesse a seguinte oportunidade, primeiro, de um país que era considerado dos mais desiguais do mundo, diminuir em 24 milhões a pobreza. Um país em que as pessoas não subiam na vida elevar para as classes médias 31 milhões de brasileiros. Para fazer isso, quem nos apóia, aceitando os nossos princípios e aceitando as nossas diretrizes de governo, a gente aceita do nosso lado. Não nos termos de quem quer que seja, mas nos termos de um governo que quer levar o Brasil para um outro patamar.



William Bonner: O resumo é: o PT não errou nem naquela ocasião, nem agora.



Dilma Rousseff: Não, eu acho que o PT não tinha tanta experiência, sabe, Bonner, eu reconheço isso. Ninguém pode achar que um partido como o PT, que nunca tinha estado no governo federal, tem, naquele momento, a mesma experiência que tem hoje. Acho que o PT aprendeu muito, mudou, porque a capacidade de mudar é importante.



William Bonner: O PT tem hoje nas costas oito anos de governo, então é razoável que a gente tente abordar aqui alguma das realizações. Vamos discutir um pouco o desempenho do governo em algumas áreas, começando pela economia. O governo festeja, comemora muito melhoras da área econômica, no entanto, o que a gente observa, é que quando se compara o crescimento do Brasil com países vizinhos, como Uruguai, Argentina, Bolívia, e também com aqueles pares dos Brics, os chamados países emergentes, como China, Índia, Rússia, o crescimento do Brasil tem sido sempre menor do que o de todos eles. Por quê?



Dilma Rousseff: Eu acredito que nós tivemos um processo muito mais duro no Brasil com a crise da dívida e com o governo que nos antecedeu. Eu acho que o Uruguai e a Bolívia são países, sem nenhum menosprezo, acho que os países pequenos têm que ser respeitados, do tamanho de alguns estados menores no Brasil, que é um país de 190 milhões de habitantes. Nós tivemos um processo no Brasil muito duro. Quando chegamos no governo, a inflação estava fora do controle. Nós tínhamos uma dívida com o Fundo Monetário, que vinha aqui e dava toda a receita do que a gente ia fazer. Nós tivemos que fazer um esforço muito grande para colocar as finanças no lugar e depois, com estabilidade, crescer. E isso, este ano, a discussão nossa é que estamos entre os países que mais crescem no mundo, estamos com a possibilidade de ter uma taxa de crescimento de 7% do Produto Interno Bruto.



William Bonner: Abaixo dos demais.



Dilma Rousseff: Não necessariamente, Bonner. Sem fazer comparações, a queda da economia na Rússia no ano passado foi terrível. Criamos quase 1,7 milhão de empregos no ano da crise.
Fátima Bernardes: Vamos falar um pouquinho de outro problema, que é o saneamento. Segundo dados do IBGE, o saneamento no Brasil passou de 46,4% para 53,2% no governo Lula, um aumento pequeno, de 1 ponto percentual mais ou menos, ao ano. Por que o resultado fraco numa área que é muito importante para a população?



Dilma Rousseff: Porque nós vamos ter um resultado excepcional a partir dos dados da pesquisa feita em 2010. Talvez uma das áreas em que eu mais me empenhei foi a área de saneamento, porque o Brasil investia menos de R$ 300 milhões no país inteiro. Hoje, aqui no Rio, na favela da Rocinha, que eu estive hoje, nós investimos mais de R$ 270 milhões. Nós lançamos o Programa de Aceleração do Crescimento, para o caso do saneamento, na metade de 2007. Começou a amadurecer porque o país parou de fazer projetos. Prefeitos e governadores apresentaram os projetos agora, em torno do início de 2008, e aceleraram. Eu estava vendo recentemente que nós temos hoje uma execução de obras no Brasil inteiro. No Rio, Rocinha, Pavão-Pavãozinho, Complexo do Alemão. Obras de saneamento, de habitação. A Baixada Santista, em São Paulo, e a Baixada Fluminense aqui no Rio de Janeiro tiveram um investimento monumental em saneamento.



Fátima Bernardes: A gente gostaria agora que a senhora, em 30 segundos, desse uma mensagem ao eleitor, se despedindo da sua participação no Jornal Nacional.



Dilma Rousseff: Eu agradeço a vocês dois e quero dizer para o eleitor o seguinte: o meu projeto é dar continuidade ao governo do presidente Lula. Mas não é repetir. É avançar e aprofundar, é basicamente esse olhar social, que tira o Brasil de uma situação de país emergente e leva o nosso país a uma situação de país desenvolvido, com renda, com salário decente, com professores bem pagos e bem treinados. Eu acredito que é a hora e a vez do Brasil e nós vamos chegar a uma situação muito diferente, cada vez mais avançada agora no final de 2014, deste governo.


Com informações do G1

SÉRIE DE ENTREVISTAS COM PRESIDENCIAVÉIS COMEÇA HOJE NO JORNAL NACIONAL

O Jornal Nacional vai realizar nesta segunda-feira (9) a primeira entrevista da série que contará com os três candidatos mais bem colocados nas pesquisas de intenção de voto para a Presidência da República.

A ordem das entrevistas foi definida em sorteio. A primeira será realizada com Dilma Rousseff (PT). A candidata Marina Silva (PV) participará na terça-feira e José Serra (PSDB), na quarta-feira. As entrevistas serão realizadas ao vivo.

Abertos os XXXVIII Jogos Escolares Maranhenses


Foi aberto oficialmente na noite desta sexta-feira (6), no Ginásio Georgiana Pflueger (Castelinho), os XXXVIII Jogos Escolares Maranhenses, competição que movimentará até o próximo dia 20 alunos da capital e do interior do estado.

Cerca de 1.000 estudantes, representando escolas da capital e do interior do estado, acompanharam a festa de lançamento da maior competição esportiva do Maranhão. O Jems tem como tema, este ano, “Mais Esporte, mais emoção”. De acordo com a organização, cerca de 6.000 atletas participam desta etapa final, que foi precedida de etapas regionais classificatórias.

A solenidade no Ginásio do Castelinho teve inicio com o desfile das delegações participantes dos jogos. Logo após, atletas e componentes da mesa solene participaram do momento da execução do Hino Nacional Brasileiro.

Participaram da mesa solene Aldoniro Diniz (Vereador de Santa Inês), Alim Neto (Secretario Adjunto de Esporte Educacional), Gustavo Duailibe (Secretario de Juventude),Walmir Peixoto (Presidente das Federações Amadoras), Marcelo Jacintho ( Diretor do Jems), Elio Duarte (Coordenador do Jems), Delmir dos Santos ( homenageado), Rejane Melo (Representante da Secretaria de Educação) e Pedro Filho (Representante da Casa Civil).

Após a execução do Hino Nacional, o secretario de Esporte e Juventude, Sousa Neto, deu boas vindas a todos os participantes dos Jogos Escolares Maranhenses e em seguida lembrou que o sucesso e a grandiosidade desta competição, que é maior evento da cultura esportiva do Maranhão, é resultado do trabalho que vem sendo desenvolvido à frente da Sespjuv.

A abertura dos Jogos Escolares Maranhenses foi encerrada com a execução do Hino do estado do Maranhão.

NOVIDADES

Além das disputas, o JEMs 2010 terá novidades para as torcidas das escolas. A coordenação dos jogos premiará com um troféu a escola que tiver a maior presença de torcida nos principais locais de jogos. Este ano, o maratonista Delmir dos Santos será homenageado.

RECORDE

Cerca de 40 mil atletas de 64 municípios participaram das três etapas (classificatórias) dos Jogos, incluindo as regionais dos Cocais, Baixada Maranhense e da Região Tocantina.

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

JEMS 2010 MAIS ESPORTE, MAIS EMOÇÃO


Os XXXVIII Jogos Escolares Maranhenses (JEMs) serão abertos, nesta sexta-feira (6), com uma cerimônia no Ginásio Georgina Pflueger (Castelinho), em São Luís, às 18h. As disputas dos jogos ocorrem, a partir deste sábado (7), em diversas praças esportivas da capital maranhense. A novidade, este ano, é que a melhores torcidas serão premiadas.

A maior competição esportiva do Maranhão tem como tema, este ano, “Mais Esporte, mais emoção”. De acordo com a organização, cerca de seis mil atletas estão sendo esperados para participar desta etapa final, que foi precedida de etapas regionais classificatórias.

Alunos-atletas de São Luís e do interior iniciam as disputas por medalhas e também por vagas nas disputas das Olimpíadas Escolares que serão realizadas em Fortaleza (Infantil) e em Goiânia (Infanto).

Nesta edição dos JEMs haverá disputas em 23 modalidades. As coletivas são: basquete, beach-soccer, futebol, voleibol, handebol, handbeach e futsal. As individuais envolvem o atletismo, badminton, capoeira, ciclismo, dama, ginástica artística e rítmica, tênis de mesa, jiu-jítsu, judô, natação, taekwondo, skate, vôlei de praia e xadrez.

Além das disputas, o JEMs 2010 terá novidades para as torcidas das escolas. A coordenação dos jogos premiará com um troféu a escola que tiver a maior presença de torcida nos principais locais de jogos. Este ano, o maratonista Delmir dos Santos será homenageado.

Cerca de 40 mil atletas de 64 municípios participaram das três etapas (classificatórias) dos Jogos, incluindo as regionais dos Cocais, Baixada Maranhense e da Região Tocantina.

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Deputado do PTB chama Arnaldo Jabor de jabazeiro

O deputado federal Pedro Fernandes (PTB) repudiou a fala do jornalista Arnaldo Jabor, da TV Globo, em que ele compara o Maranhão com o Afeganistão.

Segundo o parlamentar, o jornalista precisa ter muito mais responsabilidade do que usar o meios de comunicação, fortes, como jornal, rádio, para desabonar as honras.

“Repudio isso, veemente. O Estado do Maranhão como um todo se sente ofendido com a palavra desse jornalista. A pronúncia correta do seu nome talvez seja Arnaldo Jabá(Arnaldo Propina)”, criticou o parlamentar maranhense.

Pedro Fernandes aproveitou para dizer que, embora seja contra a decisão do TRE de não reconhecer a Lei Ficha Limpa para crimes anteriores, acha que a decisão da corte deve ser respeitada.

“O mérito foi discutido por homens e mulheres honradas daquele Tribunal e apenas houve 1 voto contrário. Repudio os comentários desabonadores do jornalista Arnaldo Jabor (foto) em relação ao Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA), que comparou o Estado ao Afeganistão desrespeitando profundamente a honra das senhoras e dos senhores que compõem a Corte do Tribunal”, declarou.
Com informações do Blog de Mario Carvalho

NOVA PESQUISA, DILMA SOBE 10 PONTOS PERCENTUAIS

A vantagem da candidata do PT à presidência da República, Dilma Rousseff, sobre o adversário do PSDB, José Serra, passou de 2 para 10 pontos percentuais na pesquisa Sensus divulgada nesta quinta-feira, 5, pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT).

Dilma aparece, nesta pesquisa, com 41,6% das intenções de voto contra 31,6% do candidato tucano. Marina Silva, do PV, tem 8,5%. A pesquisa foi feita entre os dias 31 de julho a 2 de agosto com 2 mil pessoas de todo o país. A margem de erro é de 2% para mais ou para menos.

Zé Maria, do PSTU, tem 1,9% das intenções de voto. Plínio de Arruda Sampaio, do PSOL, 1,7%. Os demais candidatos – Eymael (PSDC), Ivan Pinheiro (PCB), Levy Fidelix (PRTB) e Rui Costa Pimenta (PCO) aparecem com menos de 1% cada.

Na última pesquisa CNT/Sensus, divulgada há três meses, Dilma tinha 35,7%, José Serra 33,2%, e Marina Silva 7,3%. O resultado foi considerado empate técnico entre os candidatos do PT e do PSDB.

Segundo turno

A CNT também apurou um cenário em que Dilma e Serra disputariam o segundo turno. Neste caso, a petista venceria com 48,3%, contra 36,6% do tucano. Na última pesquisa, em maio, Dilma tinha 41,8% e Serra 40,5%. Em janeiro, o candidato do PSDB ainda aparecia como vencedor do segundo turno com 44% contra 37,1% de Dilma.

Caso Marina Silva disputasse o segundo tuno com Dilma a vitória da petista seria ainda maior: 55,7% contra 23,3%. Em maio o placar tinha ficado em 51,7% contra 21,3%. Na última lista, Marina Silva disputaria o segundo turno com José Serra. Neste caso, sairia eleito o candidato do PSDB com 50% contra 27,8% da candidata verde. Em maio este cenário era: 50,3% x 24,3%.

Espontânea

Na pesquisa espontânea – quando o entrevistado responde em quem pretende votar para presidente sem ter os nomes dos candidatos disponíveis – a maioria, 30,4%, respondeu que votará em Dilma Rousseff. José Serra foi lembrado por 20,2% dos entrevistados e Marina Silva por 5%. O presidente Lula, que não pode disputar um terceiro mandato, também foi citado por 5%.

Com informações do Estadão.com.br

Dilma e Serra terão 1º confronto direto em debate na TV

Na preparação para o primeiro confronto direto da campanha presidencial, os principais adversários, Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB), passaram os últimos dias treinando estratégias para que hoje, no debate da Rede Bandeirantes, as suas próprias biografias não se transformem em armadilhas.


No caso de Dilma, a ordem é dosar sua associação com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que ela não endosse a tese do rival, de que é "fruto de marqueteiro" e não tem ideias próprias. Com o intuito de não ficar à sombra do governo Lula, a petista foi orientada a enfatizar propostas para um próximo mandato. Dilma vai também explorar o que sua equipe define como "pontos fracos" do tucano quando governou São Paulo: educação e segurança pública.


Para Serra, o fundamental no confronto é evitar que sua atuação no governo Fernando Henrique Cardoso se transforme em fato negativo quando indicadores da administração tucana sejam confrontados com os do governo Lula. A orientação da campanha de Serra é evitar o confronto e buscar o debate de propostas. A estratégia é mostrar que o tucano tem mais ideias e mais experiência para governar e um clima de enfrentamento não seria favorável ao candidato.


A tática de Marina Silva (PV) também será evitar acusações e confrontos pessoais. Sua estratégia é mostrar que as propostas de política econômica de Serra e Dilma estão ultrapassadas, do ponto de vista do desenvolvimento sustentável. A candidata do PV chama os concorrentes de "crescimentistas", que ignoram as possibilidades de uma nova economia, com fontes de energia alternativa. Já Plínio de Arruda Sampaio (PSOL) participa do programa na confortável posição de franco atirador.
As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

CONFIRA Á AGENDA DE ROSEANA 15

Roseana estará no Sertão Maranhense e na Região dos Cocais nos próximos dias. Nesta quinta-feira, dia 5, a governadora e candidata à reeleição visitará os municípios de São Francisco do Maranhão, Sucupira do Riachão, Barão de Grajaú e São João dos Patos.

Na sexta-feira, dia 6, Roseana estará em São Domingos do Azeitão, Mirador, Sucupira do Norte, Nova Iorque e Pastos Bons. No sábado, dia 7, em Paraibano, Passagem Franca, Lagoa do Mato e Parnarama. Para o domingo, dia 8, está agendada caminhada em bairros de São Luís. Nas últimas semanas, Roseana esteve em 36 municípios.

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

SECRETÁRIO SOUSA NETO CONCEDE ENTREVISTA Á MIRANTE AM


SÃO LUÍS - O secretário de Estado de Esporte e Juventude, Francisco Sousa Neto, foi entrevistado pelo o jornalista Roberto Fernandes, no programa Ponto Final, na rádio Mirante AM. Na pauta da conversa: a edição 2010 dos Jogos Escolares Maranhenses (JEMs), e da situação dos ginásios Costa Rodrigues e Castelão.

JEMs

O secretário Francisco Sousa Neto disse que cerca de 6 mil atletas estão sendo esperados para participar dos Jogos Escolares Maranhenses (JEMs), cuja etapa final será realizada em São Luís. A abertura dos Jogos será realizada nesta sexta-feira, 6, a partir das 18h, no ginásio Castelinho. Os atletas começam a competir no sábado, 7.


Cerca de 40 mil atletas e 64 municípios participaram das três etapas dos Jogos, incluindo as regionais dos Cocais, Baixada Maranhense e da região tocantina. Para Francisco Neto, os Jogos deram um salto enorme em relação ao ano passado, onde participaram 15 mil atletas e 32 municípios participaram dos Jogos Escolares.

Mesmo com a falta do ginásio Costa Rodrigues, o secretário disse que os JEMs não perderão o brilho. Ele elogiou o apoio recebido de algumas escolas particulares que dispuseram os seus ginásios para realização da competição. Os vencedores participarão das Olímpiadas Escolares O infantil será disputado, em Fortaleza, em setembro. O infanto, em novembro, na cidade de Goiânia.

Castelão

Sobre o ginásio Castelão, o secretário Francisco Sousa Neto disse que no ano passado aconteceu a transição de governo, onde foram gastos R$ 44 milhões para fazer a estruturação do Castelão. Estão faltando apenas R$ 26 milhões para conclusão total da reforma do ginásio. Ele disse que a obra do Castelão é de responsabilidade da Secretaria de Estado da Infraestrutura. "Na conversa em que tive com o secretário Fernando Leal, a licitação para etapa de conclusão da obra, que será aberta logo após o período eleitoral", explicou.

Costa Rodrigues

O secretário criticou os recursos R$ 5,3 milhões utilizados para derrubar as paredes do ginásio na gestão anterior. O governo do Estado já disponibilizou, através de emenda, o valor financeiro de R$ 3 milhões para a conclusão da obra, que serão retomadas pela Secretaria de Estado de Esporte e Juventude. "Estamos esperando a liberação da Caixa Econômica para que possamos abrir o processo de licitação", ressaltou o secretário.


Com informações do Imirante.

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Projeto de Lei de autoria da ex-senadora Roseana Sarney estabelece que pequenos municípios poderão ter incentivo para habitação

Projeto a ser analisado pela Comissão de Desenvolvimento Regional dispensa de contrapartida municípios de até 25 mil habitantes situados em regiões pobres. A União poderá reduzir ou dispensar a contrapartida financeira nas transferências voluntárias destinadas a programas habitacionais.

Proposta com essa finalidade, da ex-senadora Roseana Sarney (foto), poderá ser votada pela Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR) em agosto.Roseana, quando ainda no Senado, ressaltou, ao justificar a proposta (PLS 331/06), que o objetivo é favorecer municípios sem condições financeiras para contribuir nos custos de programas habitacionais realizados com recursos federais.

O projeto altera o Estatuto da Cidade (Lei 10.257/01) e a lei que fixa as diretrizes gerais da Política Nacional de Saneamento (Lei 11.445/07). Já aprovada pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), a matéria receberá decisão terminativa na CDR.Poderão ser dispensados da contrapartida os municípios com população inferior a 25 mil habitantes e localizados nas regiões Norte, Nordeste ou Centro-Oeste ou na metade sul ou noroeste do Rio Grande do Sul — outras áreas equiparadas a essas regiões também poderão ser beneficiadas pela proposta.

Além disso, os municípios deverão ter indicadores de desenvolvimento econômico ou social inferiores à média nacional.
Na avaliação da relatora da matéria na CDR, senadora Serys Slhessarenko (PT-MT), os municípios de pequeno porte e reduzida capacidade de arrecadação têm dificuldades para promover investimentos.— O inadiável empenho nacional no combate à pobreza não admite que se tratem igualmente os desiguais. Os municípios mais pobres das regiões mais carentes não podem ser instados a contribuir com recursos orçamentários de que não dispõem — afirma Serys.




Senado aprova licença-maternidade obrigatória de seis meses

O Senado Federal aprovou nesta terça-feira (3), em segundo turno, a obrigatoriedade da concessão de licença-maternidade de seis meses, inclusive na iniciativa privada. A proposta segue agora para a Câmara, onde precisa ser aprovada em dois turnos com 308 votos.
Se o texto não for modificado na Câmara, seguirá para promulgação. Se sofrer alteração, o projeto volta ao Senado para nova votação.
Atualmente, a licença-maternidade de seis meses é obrigatória no serviço público e opcional na iniciativa privada.
As empresas que desejam estender de quatro para seis meses o período de licença de suas funcionárias podem aderir a um programa de incentivos fiscais.
O projeto aprovado nesta terça é de autoria da senadora Rosalba Ciarlini (DEM-RN) e amplia na Constituição o prazo de licença-maternidade de quatro para seis meses. Com isso, todas as mães terão direito ao benefício independentemente de trabalhar no serviço público ou privado.
Com informações do G1

É NISSO QUE DÁ CRIAR FACTÓIDES!!!

Do blog de Caio Hostilio
O candidato à Assembléia Legislativa, Roberto Costa, disse-me, hoje, que pedirá direito de resposta e entrará na justiça por calunia e difamação contra o blogueiro John Cutrim do JPinóquio, visto que o mesmo afirmara que ele estaria pagando R$ 300 para quem colocasse seu adesivo de campanha nos seus veículos e mais um tanque e meio de combustível. Roberto Casta disse que ainda não mandou confeccionar nenhum tipo de propagada e que sua conta ainda não consta nenhum dinheiro depositado para tal. “Quero que mostre um veículo plotado ou adesivado com uma propaganda minha”, disse o candidato. Contudo, vale perguntar: Isso não seria um factóide plantado por um concorrente?




JOÃO ALBERTO É CANDIDATO AO SENADO FEDERAL


O TRE deferiu na manhã desta terça-feira, por unanimidade, a candidatura do vice-governador João Alberto (PMDB) ao Senado.

Os juízes entenderam que o vice não substitiu a governadora nos seis meses que antecedem a eleição, conforme denúncia feita pelo Ministério Público Eleitoral. Para os membros do tribunal João Alberto apenas representou a governadora em duas reuniões do Conselho de Gestão e na posse da procuradora-geral de justiça, Fátima Travassos.

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

REVEJA O BOM DESEMPENHO DA GOVERNADORA ROSENA, DURANTE O DEBATE QUE DEIXOU JACKSON LAGO DE SAIA JUSTA, EM 2006

A HONRA DA PRÓPRIA ELEIÇÃO ...

Do Blog de Marco D´eça

Eles já experimentaram o prazer de assumir mandato na Assembléia Legislativa, na condição de suplentes. Agora, estão próximos de garantir a própria eleição e ter a honra da posse oficial, em 1º de fevereiro de 2011


Pelo menos cinco candidatos a deputado estadual nestas eleições têm a chance de exercer pela primeira vez mandato próprio, embora já tenham passado pela Assembléia Legislativa.

Roberto Costa e Fábio Braga (ambos do PMDB), Edson Souza (PSL), Léo Cunha (PSC) e Mauro Jorge (PT) são atuais suplentes, mas já estiveram no exercício do mandato.

Agora, querem mostrar a força da própria eleição.

Todos eles têm condições de se eleger em 3 de outubro, segundo as estimativas realizadas até agora.

Roberto Costa e Fábio Braga são os mais consolidados. Ambos estão no chapão liderado pela governadora Roseana Sarney e devem ser um dos 16 a 18 deputados eleitos por esta coligação, que reúne PMDB/DEM/PTB/PV.

Edson Souza é ligado ao movimento de pesca artesanal do Maranhão, onde reúne sua base eleitoral. Assumiu mandato no início de 2007, passando quatro meses na Casa.

Agora, concorre na coligação formada por PSL, PMN, PHS e PRB, que deve eleger quatro deputados.

Léo Cunha é outro que assumiu mandato na Assembléia nos últimos quatro anos. Atualmente, ele é suplente do PSC, mas está na lista dos cotados para eleição, na chapa formada por seu partido e mais PP e PTN. Segundo os especialistas, três deputados se elegem por esta coligação.

Mauro Jorge assumiu mandato na Assembléia até o final de 2008, por conta de um acordo do ex-prefeito de Lago da Pedra, Luís Osmany (PDT), com o então governador Jackson Lago (PDT). Osmany perdeu a eleição em 2008, Jackson foi cassado em 2009, e Mauro teve que deixar a Casa.

Transferiu-se para o PT e agora tem a chance de ser, finalmente, eleito. A expectativa é que o partido faça entre dois e três parlamentares.

DEPUTADO ROBERTO COSTA VISITA OS MUNICIPIOS DE OLHO D´AGUA DAS CUNHÃS, BACABAL E MATINHA




OLHO D’AGUA DAS CUNHÃS (MA) – No último dia 30, sábado, a população de Olho D’água das Cunhãs preparou uma grande festa para receber o Deputado Roberto Costa e sua comitiva no município. O evento foi coordenado pelo vereador Magno e outras lideranças políticas.
Na comitiva do Deputado Roberto Costa estava o Secretário de Estado de Esporte e Juventude, Sousa Neto, o vice Prefeito de Satubinha, Nego, o vereador de Pio XII Assis Filho e várias outras lideranças de Bacabal e da região.


Na grande festa realizada no meio da rua, o vereador a Magno e várias lideranças políticas de Olho D’água apresentaram Roberto Costa, como o candidato do Grupo Gavião a Assembléia Legislativa. O vereador Magno é líder do terceiro grupo político de Olho D’água depois do racha dentro do grupo político do prefeito Véi do Limão.

Além do Vereador Assis Filho também falou o vice prefeito de Satubinha, o Nego, a liderança política de Olho D’água, Mário, o ex – secretário de Administração, Lucio Filho o ex – secretário de Educação.


O vereador Magno disse, que estava com seu discurso engasgado há dois anos, pediu desculpas à população de Olho D’água por ter pedido votos para o atual prefeito nas eleições de 2008, no entanto afirmou que estar de cabeça erguida e que tem toda moral de continuar pedindo votos no município por ter rompido com o (des) govergo do Véi do Limão. Ele ainda completou “vou visitar todas as casas da sede e dos povoados junto com o meu grupo político, daremos uma grande votação ao deputado Roberto Costa, nossa luta pra tirar Olho D’água do caos começa agora”.
O deputado Roberto Costa, fez um dos seus discursos mais vibrantes, bateu forte na administração municipal e afirmou estar do lado dos olhodaguenses. Roberto relembrou que seu laço com o município vem de muito tempo e aprendeu a gostar de Olho D’água através do Senador João Alberto.

O Candidato a deputado estadual Roberto Costa que chegou no início da noite ainda prestigiou um jantar com as lideranças de Olho D’água e visitou várias casa no município.
BACABAL
Antes de ser recebido pela população de Olho D’água, o deputado Roberto Costa participou do tradicional encerramento do campeonato inter povoados da comunidade Bambu, municipio de Bacabal. Era grande a movimentação no povoado. Durante todo o dia houve jogos, entrega de premiações e uma grande festa de encerramento. Roberto Costa esteve presente e foi calorosamente recepcionado pelos desportistas.
MATINHA

Depois de Bacabal e Olho D’água, o deputado Roberto Costa esteve em Matinha, Roberto foi convidado para uma festa no povoado preguiça onde esteve presente com lideranças da área.
A conselheira de Juventude Vivânia Gonçalves juntamente com várias professoras do Projovem Urbano também estiveram reunidas com Roberto Costa para tratarem sobre o Festival de Juventude de Matinha e sobre assuntos do funcionamento do programa.

O secretário de Esporte e Juventude do Estado, Sousa Neto e o Vereador de Pio XII, Assis Filho, acompanharam o deputado Roberto Costa também em Matinha.
Com informações do blog de Assis Filho

SECRETÁRIO DE ESPORTES E JUVENTUDE SOUSA NETO FAZ A ENTREGA DE PREMIAÇÕES DA COPA OURA AABB DE SANTA INÊS


SANTA INÊS (MA) – No último domingo, 01 de Agosto, o Secretário de Esportes e Juventude do Governo do Estado, Sousa Neto, esteve em Santa Inês para fazer a entrega das premiações da XIX COPA OURO AABB. O secretário estava acompanhado do Vereador de Pio XII, Assis Filho e do Vereador de Santa Inês, Manoel do Sindicato. Na solenidade entrega também estiveram o presidente da AABB e o gerente do Banco do Brasil de Santa Inês.


Foram realizadas as entregas de todas as premiações de todas as modalidades que participaram das competições na disputa que envolveu diversas equipes de vários municípios vizinhos.
A AABB de Santa Inês estava completamente lotada de desportistas, o grupo Konexamba badalou os visitantes que compareceram a grande festa da final da Copa Ouro.


Na sua fala, Sousa Neto disse que enquanto for secretário estará colaborando com o esporte de Santa Inês. O Secretário foi recebido com vários aplausos pelos desportistas.


Com informações do Blog de Assis Filho

Em pesquisa divulgada pelo Jornal Pequeno, Roseana 15, vence em primeiro turno

Em pesquisa divulgada na capa do Jornal Pequeno, em sua edição deste domingo, dia 1º, e, em primeira mão, no blog do jornalista Décio Sá, Roseana venceria em primeiro turno se a eleição fosse hoje, com 48,46% dos votos.
A candidata do PMDB tem larga vantagem sobre os demais concorrentes. A pesquisa, encomendada ao Instituto de Opinião Pública do Piauí, aponta um resultado não muito diferente daquele divulgado em pesquisa anterior pelo Jornal O Estado do Maranhão, com base em levantamento da Escutec. Veja abaixo:

Roseana (PMDB) – 48,46%
Jackson (PDT) – 22,85%
Flávio Dino (PCdoB) – 17,08%
Marcos Silva (PSTU) – 1,23%
Marcos Igreja (PCB) – 0,31%
Saulo Arcangeli (PSOL) – 0,23%
Nulos e Brancos – 4,08%
Não sabe/não opinou – 5,77%

Com Informações do site: www.roseana15.com.br